Thiago Braz está de volta ao pódio olímpico, desta vez com o bronze

O atleta do salto com vara, medalha de ouro no Rio 2016 ficou entre os finalistas da prova em Tóquio, conquistando o 3° lugar na competição.

Thiago que saltou (5,87m) e garantiu o bronze, disputou com o norte-americano Christopher Nilsen que soltou (5,97m) que ficou com a prata, já o ouro com o sueco Armand Duplantis, recordista mundial da prova, com 6,02m. Duplantis ainda tentou quebrar o recorde por três vezes ao tentar soltar 6,19m, porém sem sucesso, o recorde olímpico da prova conquistado em 2016 continua sendo Thiago, com 6,03 metros.

Logo no primeiro salto, 5,55m, o atleta passou sem problemas. Já no segundo salto, o sarrafo subiu para 5,70m, e Thiago encostou no sarrafo que caiu. Logo após, no terceiro salto, Thiago passou tranquilamente por 5,70m, e assim iniciou-se uma nova série de três saltos.

Aos 5,80m, Braz derrubou na primeira tentativa o obstáculo e passou na segunda tentativa.

Foto: Richard Heathcote/Getty Images

Thiago seguiu na competição que chegou aos 5,87m, e mesmo esbarrando no sarrafo, nosso atleta passou de primeira. O norte-americano Christopher Nilsen também ultrapassou 5,82m, e como tinha menos erros anteriores, assumiu a liderança, Thiago então fez sua primeira tentativa de 5,92m, e quando o Francês, prata no Rio errou seu salto, Thiago Braz assegurou um lugar no pódio.

Um comentário em “Thiago Braz está de volta ao pódio olímpico, desta vez com o bronze

Os comentários estão encerrados.