Sampaio derrota Cordino nos pênaltis e se torna tricampeão estadual

Nesta quarta (20), o Sampaio Corrêa se sagrou campeão maranhense de 2022, diante do Cordino, no Castelão. Após empate 1×1 em Barra do Corda, as equipes empataram em 0x0, o que levou a decisão para os pênaltis, vencidos pelo tubarão por 4×3, essa foi a quarta vez que ambos disputaram um titulo, a última havia sido na final geral de 2017, quando o Sampaio venceu os dois jogos por 2×1.


No primeiro tempo, os times tiveram dificuldades em atacar, mas aos 36, Ferreira marcou um gol, anulado devido a falta de Poveda. No segundo tempo, a onça se concentrou em defender, enquanto o tricolor buscou balançar as redes até o apito final, um exemplo foi logo aos 2 da etapa final, quando Renatinho finalizou de frente para a trave, mas Dida defendeu.

Crédito: Ronald Felipe/Sampaio Corrêa.


Nas penalidades, Pará e Pimentinha converteram para os mandantes, mas Nilson Júnior, Eron e Pionteck não marcaram, do lado da equipe interiorana, Everton, Leone e Jocivan também desperdiçaram, mas Baiano e Ulisses foram oportunistas e a disputa foi para as cobranças alternadas. Soares e Mauricio acertaram, bem como Ferreira (Cordino), mas Rosivan não balançou as redes e o tricolor ficou com o titulo.


O Sampaio Corrêa se sagrou tricampeão estadual consecutivo, feito alcançado pela quarta vez na história, a última havia sido na década passada, quando o clube conquistou as edições de 2010, 2011 e 2012. Dos três títulos, dois foram com Léo Condé, atual técnico do tricolor e que, em 2020, foi campeão sobre o Moto Club, adversário novamente na final de 2021, momento em que o Sampaio era liderado por Daniel Neri.

Montagem da comemoração do titulo. Crédito:Reprodução/Sampaio Corrêa.


Além de conquistar o campeonato maranhense pela terceira vez seguida, o tubarão também conquistou o titulo de forma invicta, terminando o torneio com retrospecto de seis vitórias e seis empates em 12 jogos, a última conquista alcançada dessa forma foi a Serie D de 2012, quando o clube levantou o troféu após 16 jogos, foram 11 vitórias e cinco empates na competição nacional.

Crédito foto principal: Reprodução/Sampaio futebol 7.