Seleção feminina conquista segunda vitória na Copa América

Nesta terça (12), as seleções femininas de Brasil e Uruguai se enfrentaram pela segunda rodada da Copa América feminina de 2022, disputada na Colômbia, no final, as brasileiras derrotaram as uruguaias por 3×0 e mantiveram os 100% de aproveitamento, enquanto o Brasil fez sua segunda partida, o Uruguai realizou sua estreia no torneio continental.

O primeiro gol saiu aos 32 do primeiro tempo, quando Adriana, que marcou dois gols na estreia, contra a Argentina, aproveitou um cruzamento de Antônia para tocar de primeira, de frente para o gol, aos 46, Debinha recebeu um lançamento e chutou rasteiro, de frente para Olivera, para ampliar, o terceiro saiu aos 2 do segundo tempo, quando a camisa 11 aproveitou mais uma assistência para pegar de primeira mais uma vez.

Debinha no momento do seu gol contra o Uruguai. Crédito: Reprodução/CONMEBOL.

Os gols de hoje contribuíram para Adriana e Debinha, que marcaram até o momento quatro e dois gols, respectivamente, assumiram as duas posições mais altas da lista de artilharia da Copa América, no caso de Debinha, a número 9 esta divide a vice artilharia com a equatoriana Nayely Bolaños, a paraguaia Jessica Martinez e a colombiana Daniela Montoya.

A seleção verde e amarela chegou a sete gols e está empatada com a seleção anfitriã, como melhor ataque da competição, visto que as colombianas derrotaram o Paraguai por 4×2 e a Bolívia por 3×0. O próximo compromisso do Brasil será na segunda (18), contra a Venezuela, mas a La Celeste volta a campo na sexta (15), contra a Argentina.

Crédito foto principal: Reprodução/CBF