Brasil derrota Peru e mantém sequência de vitórias na Copa América feminina

Nesta quinta (21), as seleções femininas de Brasil e Peru se enfrentaram na quinta e última rodada da Copa América e, mesmo já classificada como líder do Grupo B, as brasileiras golearam as peruanas pelo placar de 6 x 0, terminando a fase de grupos com 12 pontos, alcançando quatro vitórias em quatro jogos e uma campanha de 100% de aproveitamento.

O primeiro gol saiu no primeiro minuto, quando Duda aproveitou um cruzamento rasteiro de Geyse para finalizar de primeira, aos 16, Duda Sampaio passou por duas marcadoras, chutou rasteiro e ampliou, aos 40, a número 18 brasileira recebeu uma assistência na área, dominou e fez o terceiro, ao chutar cruzado na saída de Sánchez, dois minutos depois, Duda Santos ampliou de pênalti.

Disputa de bola entre atletas de Brasil e Peru. Crédito: Divulgação/Copa América.

Aos 2 do segundo tempo, a autora do primeiro gol cobrou um escanteio e Fê Palermo aproveitou para cabecear e fazer o quinto tento da partida e da seleção atual campeã do torneio, no minuto seguinte, a arbitragem marcou mais uma penalidade para a seleção canarinho, Adriana cobrou e fez seu quinto gol na Copa América, voltando a se isolar na artilharia.

Além de ter vencido todas partidas que disputou e ter garantido o primeiro lugar da chave, o Brasil vai para as semifinais com o melhor ataque (17), por outro lado, o Peru se despede na lanterna, sem somar pontos e tendo levado as duas maiores goleadas da competição até aqui: 6 x  0 para Uruguai e o Brasil, a equipe também perdeu por 4 x 0 para Argentina e 2×0 para Venezuela.

Duda (a esquerda) e Duda Santos (a direita) comemorando o gol da camisa 10 do Brasil. Crédito: Thais Magalhães/CBF.

As peruanas de 2022 se tornam a segunda seleção a terminar uma edição da Copa América sem fazer gols, a primeiro foi a seleção que representou a Venezuela, na edição de 2003.

As semifinais

A equipe verde e amarela teve eu adversário das semifinais definido antes do confronto contra as rojiblancas: será o Paraguai, que enfrentará as comandadas de Pia Sundhage na terça (26), um dia antes, a Argentina, que se classificou em segundo no Grupo B ao derrotar a Venezuela por 1 x 0, vai encarar a Colômbia, que possui uma campanha semelhante às brasileiras, com a diferença sendo o saldo de gols.

Crédito foto principal: Thais Magalhães/CBF.