3/4 dos brasileiros saem vitoriosos no UFC Vegas 60

No último sábado (17), quatro atletas brasileiros representaram o país no UFC Vegas 60, ocorrido nos Estados Unidos, a estreante Denise Gomes perdeu via decisão unanime para Loma Lookboonme, mas os demais atletas tupiniquins garantiram seus triunfos: Gregory Rodrigues e Nikolas Motta nocautearam Chidi Njokuani, e Rodrigo Nascimento venceu Tanner Boser por decisão dividida.

No confronto entre o rondoniense e o norte-americano, da categoria peso-médio, Rodrigues levou uma joelhada logo no início, mas não desistiu e foi para o clinch, aplicando golpes no adversário, e mandando a luta para o chão. Já no segundo round, o brasileiro voltou a derrubar Njokuani e aplicou uma sequência de golpes, o que garantiu seu segundo triunfo seguido.

Rodrigues acertando um soco em Njokuani. Crédito: Reprodução/UFC.

Pela categoria peso-pesado, Nascimento controlou a maior parte da luta contra o canadense, chegando a levá-lo para a grade e a derrubá-lo, em diferentes momentos, no início do segundo round, Boser agiu de forma agressiva, mas não conseguiu manter o ritmo e o mineiro voltou a controlar o combate. Os árbitros deram as seguintes notas: 30-27, 28-29 e 29-28.

Única representante do Brasil não conseguiu vencer, Denise Gomes, que fez sua estreia na organização, tentou finalizar a tailandesa em diferentes momentos, mas sem sucesso, Lookboonmee sempre conseguia escapar, além de ter acertado diferentes golpes na gaúcha, como socos, chutes e movimentos de grappling, a peso-palha não vencia desde maio de 2021, e venceu com as notas 30-27, 30-27 e 29-28.

Lookboonmee aplicando um chute em Gomes. Crédito: Reprodução/UFC.

Na peso-leve, Nikolas Motta, que alcançou sua primeira vitória no ultimate, teve dificuldades no começo, com Vancamp se impondo, mas o lutador de Minas Gerais reverteu tudo, quando acertou um cruzado de esquerda no estadunidense, que sofreu seu segundo revés seguido.

Nikolas Motta celebrando seu primeiro triunfo no UFC. Crédito: Reprodução/UFC.